• Félix Rodrigues

É muito preocupante o número de óbitos (63) com um numero de infetados hoje subrepresentado (4096)

O número de óbitos diários em Portugal continua a crescer de modo muito preocupante, numa relação estreita com o número de infetados.

A infecção começa a atingir grandemente outros grupos etários que não são só idosos e a mortalidade também começa a atingir escalões etários mais baixos.

Num artigo publicado na Science, a 6 de novembro de 2020, relata-se que investigadores britânicos descobriram que algumas pessoas, principalmente crianças, têm anticorpos no sangue reativos ao SARS-CoV-2, apesar de nunca terem sido infectadas pelo vírus. Esses anticorpos são provavelmente resultado da exposição a outros coronavírus, que provocam sintomas semelhantes à gripe comum e que têm semelhanças estruturais com o SARS-CoV-2.

Esses dados descansam-nos relativamente à infeção nas crianças, mas não servem para travar a pandemia. A pandemia trava-se com comportamentos.

Também surgiu a notícia positiva de que a vacina da Pfizer tem uma eficácia de 90%, todavia, já há grupos que se assumem anti-vacina. Para além dos anti-máscara começam a aparecer os anti-vacina, os anti-confinamento, os anti-tudo que não seja a sua exclusiva liberdade. Todos percebemos que a pandemia tem impactos complicados e que atinge, em termos de economia mais uns do que outros. Tem tanta razão em refilar aquele que não tem clientes como aquele que foi infetado. Quem não decide, quem se protege, quem é responsável, é azarado nesse processo.

A pandemia não parará enquanto as pessoas não forem devidamente esclarecidas, e mais do que nunca, é preciso uma estratégia adequada de comunicação de risco.

Viver em sociedade implica termos que moderar comportamentos,adquirir literacia científica e respeitar os comportamentos uns dos outros hierarquizando valores.

Fotografia ilustrativa do Dialogue of Civilizations Research Institute.




Félix Rodrigues

216 visualizações
acda_cubo.png

Associação para a Ciência e Desenvolvimento dos Açores
Canada de Belém

TERINOV - Parque de Ciência e Tecnologia da Ilha Terceira - Sala B4

9700-702 Terra Chã, Angra do Heroísmo

NEWSLETTER

  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon
  • White Twitter Icon

© Associação para a Ciência e Desenvolvimento dos Açores