• Félix Rodrigues

26 casos nos Açores: 23 em São Miguel, 2 na ilha Terceira e 1 em Santa Maria. Há mais uma fuga

A Autoridade de Saúde Regional informa que, decorrentes das 1.516 análises realizadas nas últimas 24 horas nos dois laboratórios da Região, bem como das análises realizadas em laboratórios privados, foram diagnosticados 26 casos positivos de COVID-19, sendo 23 na ilha de São Miguel, um na ilha de Santa Maria e dois na ilha Terceira, e registada uma recuperação na ilha de São Miguel.

Assim, no âmbito do rastreio de quem chega à Região, foram diagnosticados dois casos positivos na ilha de São Miguel, sendo um indivíduo do sexo feminino, de 32 anos de idade, e um indivíduo do sexo masculino, de 56 anos, não residentes, provenientes de ligação aérea com território continental português, que apresentaram teste de despiste ao SARS-CoV-2 negativo à chegada e cuja análise realizada após o sexto dia produziu resultado positivo.

No âmbito das cadeias de transmissão em investigação epidemiológica na Região foram identificados 24 casos, sendo 21 na ilha de São Miguel, um na ilha de Santa Maria e dois na ilha Terceira.

No contexto da investigação epidemiológica relacionada com um estabelecimento de diversão em Ponta Delgada, foram diagnosticados 13 casos, designadamente 12 na ilha de São Miguel e um na ilha de Santa Maria.

Na ilha de São Miguel, foram identificados seis indivíduos do sexo feminino, com idades compreendidas entre 11 e 66 anos, um deles através de rastreio em contexto laboral, realizado em laboratório privado, e seis indivíduos do sexo masculino, com idades compreendidas entre 4 e 69 anos.

Na ilha de Santa Maria, foi detetado um caso positivo, referente a um indivíduo do sexo masculino, de 37 anos.

Na ilha de São Miguel foram ainda diagnosticados quatro indivíduos do sexo feminino, com idades compreendidas entre 7 e 51 anos, e três indivíduos do sexo masculino, com idades entre 6 e 49 anos, relacionados com a cadeia de transmissão em investigação epidemiológica centrada na Ribeira Grande.

No âmbito da investigação epidemiológica de outro caso anteriormente reportado, foram diagnosticados, na ilha de São Miguel, um indivíduo do sexo feminino, de 32 anos, e um indivíduo do sexo masculino, de 34 anos.

Na ilha Terceira, foi detetado um caso positivo, referente a um indivíduo do sexo feminino, de 59 anos de idade, contacto próximo de alto risco de um caso reportado a 8 de novembro.

Foi ainda diagnosticado um caso positivo no contexto da cadeia de transmissão relacionada com um restaurante na freguesia de São Mateus, em Angra do Heroísmo, designadamente um indivíduo do sexo masculino, de 25 anos.

Regista-se a recuperação de um indivíduo do sexo masculino, de 31 anos, na ilha de São Miguel, elevando para 245 o número de casos recuperados na Região.

Acresce referir que dois casos positivos anteriormente reportados, referentes a indivíduos do sexo masculino, de 26 e 37 anos, na ilha de São Miguel, apresentaram documentação comprovativa de infeção e posterior recuperação, pelo que já não são considerados ativos na Região.

Também um caso positivo, correspondente a um indivíduo do sexo masculino, de 25 anos, abandonou a Região, designadamente a ilha de São Miguel, à revelia das autoridades, estando a Autoridade de Saúde Concelhia a diligenciar os procedimentos para o seu posterior acompanhamento.

Fotografia ilustrativa da ilha de Santa Maria, da autoria de Bárbara Silva.



109 visualizações
acda_cubo.png

Associação para a Ciência e Desenvolvimento dos Açores
Canada de Belém

TERINOV - Parque de Ciência e Tecnologia da Ilha Terceira - Sala B4

9700-702 Terra Chã, Angra do Heroísmo

NEWSLETTER

  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon
  • White Twitter Icon

© Associação para a Ciência e Desenvolvimento dos Açores