• Tomaz Ponce Dentinho

Beirute- 3 dias após explosão, corpo de jovem de 23 anos foi achado agarrado ao Crucifixo



Joe Elias Akiki trabalhava no porto de Beirute para pagar seus estudos

Joe Elias Akiki tinha 23 anos quando foi surpreendido, assim como todo o planeta, pelas mega-explosões no porto de Beirute. Ele foi um dos mais de 100 cidadãos libaneses considerados desaparecidos após a tragédia, enquanto o país contava dezenas de mortos e milhares de feridos. Quando o seu corpo foi encontrado, três dias depois, nos escombros de um prédio que desabou, descobriu-se que ele tinha tido companhia: em uma de suas mãos, ele estava segurando um pequeno Crucifixo. A jornalista Christiane Waked, do jornal Khaleej Times, resumiu no Twitter: “Preso durante três dias em um prédio que desabou, Joe Akiki ficou rezando o tempo todo com a cruz na mão. Ele morreu rezando. Ele morreu quietamente”. Joe Elias cursava Engenharia Elétrica na Universidade de Notre Dame – Louaize, em Beirute, e trabalhava no porto para custear os estudos. A própria universidade publicou no Twitter uma homenagem ao jovem estudante, partindo de uma citação de Santa Teresinha do Menino Jesus: “Não morro; entro na vida (Santa Teresa de Lisieux). É de coração pesado que a NDU diz adeus a Joe Elias Akiki, estudante de Engenharia Elétrica desde 2016. A NDU oferece as mais profundas condolências à família e aos seus entes queridos. Que a sua alma descanse em paz”.


https://pt.aleteia.org/2020/08/12/3-dias-apos-explosao-corpo-de-jovem-de-23-anos-foi-achado-agarrado-ao-crucifixo/?utm_campaign=Web_Notifications&utm_source=onesignal&utm_medium=notifications

153 visualizações
acda_cubo.png

Associação para a Ciência e Desenvolvimento dos Açores
Canada de Belém

TERINOV - Parque de Ciência e Tecnologia da Ilha Terceira - Sala B4

9700-702 Terra Chã, Angra do Heroísmo

NEWSLETTER

  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon
  • White Twitter Icon

© Associação para a Ciência e Desenvolvimento dos Açores