• Félix Rodrigues

Como é que os fumos dos incêndios da Califórnia vão parar à Europa

Na atmosfera tudo interage, os centros de baixas pressões e as altas pressões.

Os enormes incêndios da Califórnia, emitem muito dióxido de carbono, monóxido de carbono e carbono negro (fuligem).

Nas imagens de satélite que aqui se peresentam, é detetado o carbono negro fuligem, que está em suspensão na atmosfera em grande concentração na atmosfera do estado norte-anericano da Califórnia.

À medida que Sally vai entrando no Alabama, empurra a núvem de cima mais para norte e Paulette puxa-a para o Atlântico. A partir daí, é só apanhar várias correntes atmosférica que que essas partículas possam chegar à Europa. Claro que se vão diluindo pelo caminho e caindo no oceano porque o seu tempo de residência atmosférica é reduzido.



Félix Rodrigues

34 visualizações
acda_cubo.png

Associação para a Ciência e Desenvolvimento dos Açores
Canada de Belém

TERINOV - Parque de Ciência e Tecnologia da Ilha Terceira - Sala B4

9700-702 Terra Chã, Angra do Heroísmo

NEWSLETTER

  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon
  • White Twitter Icon

© Associação para a Ciência e Desenvolvimento dos Açores