• Félix Rodrigues

Diz-se que é uma pedra para uma rampa ro-ro

Parece que se vai iniciar a construção da rampa ro-ro no Porto das Pipas em Angra do Heroísmo.

Em 2008, o Executivo açoriano, então liderado por Carlos César (PS), prometeu a construção de um cais de cruzeiros em Angra do Heroísmo, que chegou a estar orçado em cerca de 60 milhões de euros. Até agora não se concretizou, logo pode concluir-se que foi uma promessa de campanha eleitoral.

Em Fevereiro de 2014, o então secretário regional do Turismo e Transportes, Vítor Fraga (PS), anunciou que o Governo Regional tinha desistido de construir um cais de cruzeiros em Angra do Heroísmo, substituindo-o pela construção de uma rampa ro-ro. Passou o tempo de uma legislatura e não foi construída.

Questionada sobre os motivos do atraso na concretização da obra, Ana Cunha, que substituiu Vítor Fraga em 2017, admitiu que existiram “desafios técnicos” e salientou que estes processos são demorados.

Depois do período crítico da pandemia aparenta que a primeira pedra (fotografia de Miguel Bezerra) está prontinha para ser atirada ao mar e iniciar assim uma rampa ro-ro no Porto das Pipas, não se aproximassem rapidamente eleições. É uma boa altura, pois não há barcos que necessitem dela e assim a obra pode correr mais depressa sem infecções "temporais".



Texto de Félix Rodrigues

101 visualizações
acda_cubo.png

Associação para a Ciência e Desenvolvimento dos Açores
Canada de Belém

TERINOV - Parque de Ciência e Tecnologia da Ilha Terceira - Sala B4

9700-702 Terra Chã, Angra do Heroísmo

NEWSLETTER

  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon
  • White Twitter Icon

© Associação para a Ciência e Desenvolvimento dos Açores