• Tomaz Ponce Dentinho

Incineradora de São Miguel aprovada por Bruxelas



O ministro do Ambiente e Ação Climática revelou que o projecto de incineração da ilha de São Miguel foi aprovado por Bruxelas. João Matos Fernandes disse aos jornalistas que “todos os projetos com investimento superior a 50 milhões de euros carecem de aprovação diretamente pela União Europeia”, tendo “anteontem chegado a notícia que a incineradora dos Açores foi aprovada em Bruxelas”, havendo “todas as condições para poder começar a ser feita”. O projecto de incineração da ilha de São Miguel encontra-se na Justiça e é contestado pelas associação ambientais.

De acordo com o Observador o Tribunal Administrativo e Fiscal de Ponta Delgada recebeu uma ação judicial movida por Paulo Estêvão, deputado único do PPM/Açores na Assembleia Legislativa Regional, para travar o concurso para a construção de uma incineradora em São Miguel, que conta com o apoio do movimento Salvar a Ilha.

Fontes da ACDA afirmam que a Incineradora da Ilha Terceira tem capacidade para incinerar o lixo proveniente de São Miguel. O Diário dos Açores argumenta que essa capacidade não existe. Convém esclarecer para que mais uma vez os apoios de Bruxelas não tenham qualquer vantagem para a economia da Região.

25 visualizações
acda_cubo.png

Associação para a Ciência e Desenvolvimento dos Açores
Canada de Belém

TERINOV - Parque de Ciência e Tecnologia da Ilha Terceira - Sala B4

9700-702 Terra Chã, Angra do Heroísmo

NEWSLETTER

  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon
  • White Twitter Icon

© Associação para a Ciência e Desenvolvimento dos Açores