• Félix Rodrigues

Prémio Nobel da Física de 2020 atribuído a astrofísicos

O Prémio Nobel de Física de 2020 foi dividido em duas partes iguais, metade concedida a Roger Penrose da Universidade de Oxford "pela descoberta de que a formação de buracos negros é uma previsão robusta da teoria da relatividade generalizada" e a outra metade, a dividir entre Reinhard Genzel do Instituto Max Planck e Universidade de Berkeley, Califórnia, e Andrea Ghez, Da Universidade de Los Angeles, Califórnia, "pela descoberta de um objeto compacto supermassivo no centro de nossa galáxia."



20 visualizações