• Félix Rodrigues

Qual é a mortalidade e infeção diária aceitável em Portugal?

Entre os 34,7 milhões de infetados por SARS-CoV-2 no mundo, Portugal, tem 78247 deles, ou seja 0,22%. Quando a percentagem da população mundial que Portugal representa é de 0,13%, verifica-se facilmente que temos percentualmente o dobro de infetados no país comparativamente ao que seria esperado para o mundo. Hoje, tivemos 963 novos casos de infeção e mais 12 óbitos. A percentagem de mortes relativamente ao resto do mundo também é maior (0,19%) do que o da proporção da população portuguesa relativa à população do resto do mundo.

Há um limite para a letalidade aceitável e neste momento encontramo-nos muito próximo que que é aceitável num equilíbrio entre saúde e economia. Vivemos no fio da navalha. Qual é a letalidade diária aceitável em números absolutos? Se decidirmos que a letalidade aceitável é do mesmo tipo da letalidade que está subjacente aos valores paramétricos da poluição, então, estamos mesmo no fio da navalha.

Em termos comparativos, as Honduras com 9,6 milhões de habitantes passou-nos à frente tanto em número de infetados como em números de mortes. Somos agora perseguidos pela República Checa (com 10,7 milhões de habitantes) que foi um modelo de controlo da pandemia na primeira fase e neste momento tem quase tantos infetados como Portugal (78051 infetados e 699 óbitos).

O grande caso noticioso do dia é Trump estar a ser tratado com o antiviral Remdesivir em vez da hidroxicloroquina que serve para tratar a malária e que sempre defendeu como sendo o remédio para a Covid-19.



37 visualizações
acda_cubo.png

Associação para a Ciência e Desenvolvimento dos Açores
Canada de Belém

TERINOV - Parque de Ciência e Tecnologia da Ilha Terceira - Sala B4

9700-702 Terra Chã, Angra do Heroísmo

NEWSLETTER

  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon
  • White Twitter Icon

© Associação para a Ciência e Desenvolvimento dos Açores