• Félix Rodrigues

Tubarão-baleia fotografado nas águas de Santa Maria

Luis Fagundes captou esta excelente foto de um tubarão-baleia (Rhincodon typus) na ilha de Santa Maria.

O tubarão baleia é normalmente encontrado em águas abertas oceânicas tropicais e raramente é visto em águas cuja temperatura seja inferior a 21 graus Celsius.

Estima-se que possa viver até aos 70 anos, porém a longevidade exata do tubarão baleia é difícil de calcular. João Pedro Barreiros afirma que a única estimativa minimamente fiável da idade de um tubarão-baleia é de cerca de 50 anos e foi possível de determinar por via de radioisótopos nos anos 50 e 60, em vários locais do Pacífico.

Eles alimentam-se de plâncton (krill, copépodes, larvas de variadíssimos organismos, ovos de peixes) bem como de algum pequeno nécton como pequenos peixes ou lulas, daí que não sejam ameaça para os seres humanos.

Esta espécie foi oficialmente descrita em abril de 1828, após um indivíduo de 4,6 m ser capturado numa praia na África do Sul.

O nome "tubarão baleia" refere-se ao tamanho do animal, sendo que é quase tão grande quanto algumas espécies de baleias, e também pelo fato de se alimentar através de filtração como as baleias da sub-ordem da Ordem Cetacea (ou Cetartiodactyla).




Texto adaptado por Félix Rodrigues

74 visualizações
acda_cubo.png

Associação para a Ciência e Desenvolvimento dos Açores
Canada de Belém

TERINOV - Parque de Ciência e Tecnologia da Ilha Terceira - Sala B4

9700-702 Terra Chã, Angra do Heroísmo

NEWSLETTER

  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon
  • White Twitter Icon

© Associação para a Ciência e Desenvolvimento dos Açores