• Félix Rodrigues

Viagem de uma foca-harpa (Maria Augusta-apesar de macho) pelos Açores: Agora está no Pico

Texto de Souto Gonçalves e Fotografia de Manuela S F Viveiros


Como se não bastassem os encómios que quaisquer visitantes - sejam estrangeiros ou portugueses e, dentro destes, açorianos também - dispensam à beleza única do Triângulo dos Açores, também a foca da Gronelândia contribui para a exaltação deste cantinho do Paraíso.


Vinda de bem longe, Maria Augusta não se deu nada mal com os ares e mares açorianos e vai senão quando decide experimentar a oferta turística das nossas belas ilhas.


Começou na Praia do Almoxarife, depois seguiu para Castelo Branco, deleitando-se ao sol; passou por Porto Pim e prosseguiu para as Lajes do Pico, Terra Baleeira, onde certamente encontrará alguma familiaridade, já que de mamífero se trata.


A Manuela S F Viveiros [autora da fotografia] foi ao caneiro da avoenga Vila das Lajes e deparou-se com mais um momento de fruição do nosso quente basalto, onde Maria Augusta, a banhos, retempera forças.


É caso para dizer que, depois de tanto frio no Pólo Norte, nada melhor que este temperado clima açórico para passar férias.


Só falta a visita a São Jorge, para que fique completo o périplo pelo Triângulo.



102 visualizações
acda_cubo.png

Associação para a Ciência e Desenvolvimento dos Açores
Canada de Belém

TERINOV - Parque de Ciência e Tecnologia da Ilha Terceira - Sala B4

9700-702 Terra Chã, Angra do Heroísmo

NEWSLETTER

  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon
  • White Twitter Icon

© Associação para a Ciência e Desenvolvimento dos Açores